Universo Magalu

Blog do vendedor

Aprenda todas as funcionalidades e benefícios que só o Universo Magalu te proporcionar

Gateway de pagamentos: tire todas as suas dúvidas

Integração e tecnologia

Atualizado em 3 julho 24

9 minutos de leitura

Você sabe o que é gateway de pagamento? Com certeza, quem tem uma loja digital estruturada vai se deparar bastante com esse serviço e sua importância nos negócios mediados pela tecnologia. Com o avanço das transações digitais, a aplicação do gateway de pagamento se tornou ainda mais importante.

Entender mais sobre esse sistema de pagamento é fundamental pra que você consiga realizar as melhores escolhas, fazendo com que o processo de pagamento seja mais fácil e seguro.

Neste post, você vai entender como funciona esse serviço, quais suas vantagens, como escolher o melhor gateway para o seu negócio, entre outras informações cruciais. Continue com a gente e boa leitura!

O que é gateway de pagamento?

Gateway de pagamento é um sistema de pagamento online responsável por conectar e transferir dados de forma segura e rápida entre e-commerce, usuários e instituições financeiras (operadoras de cartões, bancos e fintechs) na internet.

É por meio desse serviço que as lojas virtuais possibilitam que seus clientes efetuem o pagamento online no momento da compra, seja por cartão de débito, crédito, carteira digital, boleto, transferência bancária, entre outros meios de pagamento.

Dessa forma, a plataforma é responsável por armazenar, coletar e transmitir os dados do consumidor pra que as transações financeiras sejam finalizadas de forma rápida e segura.

Isso proporciona mais praticidade ao lojista, já que todas as informações de pagamento da sua loja virtual ficam centralizadas e você usa uma única interface.

O que faz um gateway de pagamento?

Sabe aquele momento em que o cliente entra na loja virtual, coloca os seus itens no carrinho de compras e, depois, seleciona o modo que deseja fazer o pagamento? É exatamente nesta fase em que o gateway de pagamento começa a agir.

A tecnologia garante que, por meio das informações fornecidas pelo consumidor, o valor da compra seja enviado à instituição financeira escolhida pelo comerciante. Desse modo, o lojista recebe os valores conforme as condições e prazos estabelecidos pela operadora ou banco que ele optou.

Ou seja, o gateway de pagamento vai permitir que o cliente selecione a maneira como deseja pagar, e fará a retenção do valor da compra. Então, essa quantia será enviada pra conta do lojista de forma segura e prática.

Durante o processo, após o comprador escolher a forma de pagamento, a empresa se comunica com as instituições financeiras pra fazer a validação da veracidade dos dados fornecidos pra realizar o checkout da loja online.

A bandeira do cartão ou o banco também verifica se há saldo disponível pra finalizar a transação e, após isso, envia para o gateway a confirmação da compra. Por último, em pouco tempo, o cliente recebe a mensagem de que o pagamento foi aprovado.

Quais são as vantagens ao utilizar um gateway de pagamento?

Pra saber se um gateway de pagamento é uma boa opção para o seu negócio, é necessário conhecer os benefícios que esse serviço oferece para o e-commerce. Sendo assim, listamos as principais vantagens ao utilizá-lo em sua loja virtual. Confira a seguir!

Redução de despesas

Com esse sistema, é possível diminuir os custos com taxas administrativas, uma vez que a sua loja estará diretamente conectada às bandeiras de cartão e instituições financeiras.

Por não existir a necessidade da fazer a contratação de uma terceira empresa, os gastos por cada transação financeira são menores e você consegue reduzir custos com mensalidades e contratos.

Independência e autonomia

Assim como foi mencionado no começo do post, você vai estar conectado diretamente às operadoras e bancos que escolher.

Além de promover mais agilidade nas transações, o sistema gera maior liberdade pra você estabelecer as condições de pagamento que serão aceitas no seu negócio, como o número de parcelas permitidos e quais cartões de crédito.

Segurança pra vender online

Ao vender produtos virtualmente, é fundamental contar com sistemas de pagamentos que sejam confiáveis pra garantir a segurança do seu cliente e do seu e-commerce.

Dessa forma, o gateway é uma ótima alternativa, já que segue as normas de Compliance, que é um padrão de segurança de informações pra indústria de cartões de pagamento.

Além disso, existem empresas de gateways de pagamento que também oferecem integração com tecnologias antifraude, o que diminui o risco de chargeback (momento que uma cobrança é contestada pelo titular do cartão).

Diversas opções de pagamento para o cliente

Alguns clientes preferem utilizar cartão de crédito, outros optam por pagar por boleto e há aqueles compradores que gostam da transferência bancária ou do Pix.

Pra atender todos os perfis de público, é essencial oferecer diferentes opções de pagamento. Isso é possível com o gateway de pagamento. Dessa maneira, é possível atrair mais clientes e aumentar as chances de conversão em sua loja digital, o que acaba te ajudando a vender mais.

Gestão financeira simplificada

Muitos sistemas disponibilizam painéis de gestão financeira que possibilitam gerenciar e acompanhar as transações no e-commerce. Assim, você consegue ter um controle maior de recebíveis e vendas, o que facilita na gestão financeira da sua empresa.

Além disso, é possível descobrir informações importantes sobre o seu público-alvo, como ticket médio de compra, valor de vendas, frequência, opções de pagamentos mais utilizadas, entre outros dados.

Quais são os custos do gateway?

Pelo fato de cada gateway ter características específicas, não é uma tarefa fácil compará-los, especialmente na questão do preço, já que depende do pacote serviços oferecidos. Entretanto, os planos de contratação têm determinadas taxas fixas pelas transações financeiras cobradas por meio de mensalidade, pré-paga ou pós-paga.

É importante destacar que o responsável por essas tarifas não é exatamente o gateway, mas as instituições financeiras que cobram essas taxas sobre as vendas e depósitos na conta da empresa. Sendo assim, as principais cobranças são:

  • kick-off ou implantação: ela só tem relação com a instalação do dispositivo e é paga uma única vez;
  • mensalidade e anuidade: é uma tarifa relacionada ao volume de pagamentos processados;
  • retirada: situações em que há transferência de valores pra conta do vendedor;
  • transação: a cobrança da tarifa é um percentual sobre cada transação feita;
  • estorno: quando é preciso fazer a devolução do dinheiro ao cliente.

Como escolher um gateway de pagamento?

É importante pesquisar bastante no momento de escolher o gateway de pagamento. O ideal é que você avalie diferentes alternativas e veja quais oferecem as melhores vantagens.

Além disso, é sempre interessante saber a opinião de quem já utiliza a ferramenta. Confira a seguir algumas dicas essenciais na hora de escolher a sua.

Saiba se ele é compatível com o seu software

O principal ponto na hora de escolher o gateway é verificar se o serviço que você adquiriu é compatível com o software da sua loja virtual. Por isso, tenha atenção em relação a esse detalhe antes de realizar a compra. Analise também como ficaria a ferramenta pra quem está comprando.

Verifique se ele está de acordo com as normas de segurança

No momento de escolher a empresa de gateway de pagamento, é necessário identificar se ela está de acordo com as normas da CI (PCI-DSS) ou se utiliza uma fonte confiável pra atender aos padrões de segurança. Além disso, é preciso saber quais cartões de créditos o aplicativo vai conseguir processar.

Saiba se ele oferece serviços de faturação

Outro ponto crucial é a faturação. Em algumas companhias, é comum que o consumidor realize os pedidos e tenha uma pré-faturação. É fundamental que o serviço de gateway disponibilize isso ao lojista, bem como oferecer suporte pra revisão e até mesmo balanço da conta do empreendimento que faz a transferência de informações de pagamentos.

Verifique se ele fornece tecnologia de detecção de fraudes

Um gateway de pagamento eficiente deve ter ferramentas de detecção de fraudes. Esses instrumentos contribuem evitando diversos tipos de golpes. Um bom exemplo é o sistema de verificação de endereço. Este é um recurso que identifica em poucos segundos se o endereço da fatura de cartão de crédito está de acordo com os dados que o cliente passou.

Pra qual tipo de negócio o gateway de pagamento é uma boa opção?

Após entender do que se trata o gateway de pagamento, suas principais vantagens e como escolher um para o seu empreendimento, você consegue definir pra quais tipos de negócio essa tecnologia pode ser útil.

Porém, é importante destacar que, diferente dos intermediários de pagamento (tópico que veremos em seguida), com o gateway, o comerciante é o responsável por todas as transações financeiras da sua loja.

Além disso, em situações de estorno na compra realizada pelo cartão de crédito, também é o próprio vendedor que deve assumir o prejuízo de não receber o pagamento e não ter o item devolvido para o estoque.

Portanto, em relação ao tipo de negócio que o gateway de pagamento é uma boa opção, podemos dizer que são as lojas online. Lembrando que estas lojas devem estar dispostas a arcarem com os riscos em troca de mais controle sobre a gestão financeira do seu empreendimento, sem precisar terceirizar um serviço de pagamento online.

Já que estamos falando sobre diferentes negócios pra adotar o gateway, é importante ressaltar a opção de você fazer o pagamento no marketplace. Essa é uma ótima solução pra você que tem uma loja virtual e pretende oferecer uma variedade de formas de pagamento aos clientes.

O que é o intermediador de pagamentos?

O intermediador de pagamentos oferece praticamente as mesmas utilidades do gateway, mas a diferença está na gestão dos processos virtuais. Contudo, o intermediador tem algumas vantagens como tirar certas responsabilidades do empreendedor junto às instituições bancárias.

Entre as funções oferecidas pelo intermediador de pagamento, é possível destacar algumas:

  • monitoramento antifraude;
  • integração automatizada e direta com marketplaces e lojas virtuais;
  • taxas negociadas com operadoras de cartões e bancos.

Sendo assim, o intermediador de pagamento é responsável por todas as transações financeiras, retendo os valores das compras e guardando-os em sua conta. Diferentemente do gateway de pagamento, se você quiser enviar essa quantia pra uma conta bancária, será preciso transferi-los do seu intermediador pra instituição financeira que deseja.

Resumindo, o intermediador é responsável por mediar as transações financeiras entre sua loja online e as instituições. Além disso, pra assegurar todas as vantagens oferecidas pelo serviço, é preciso desembolsar valores em comissões e taxas por vendas online realizadas.

Quais são os gateways de pagamento mais famosos e recomendados?

Existem várias empresas no país que oferecem gateway de pagamento. Cada uma delas conta suas vantagens e especificidades. Conheça a seguir as principais soluções pra você escolher no seu negócio.

Pagar-me

Este gateway de pagamento tem o objetivo de oferecer praticidade ao vendedor, ao permitir a gestão das vendas em um único lugar. A ferramenta possibilita que o empreendedor aceite pagamento via Pix, boleto e cartão de crédito em até doze vezes. Já em relação às taxas, elas variam conforme o tipo de transação.

PagSeguro

O PagSeguro é um sistema considerado como um dos mais conhecidos quando se trata de pagamentos online. O gateway de pagamento, neste caso, tem diversos recursos de venda online, sem contar que existem 25 meios de pagamentos disponíveis, além da conta virtual.

Não há custos mensais, somente cobranças por transações. As taxas podem variar conforme a modalidade, ou seja, se a transação financeira é parcelada ou à vista.

PayPal

A grande vantagem desse sistema, é que ele aceita meios de pagamentos tradicionais, como débito online, crédito, e até internacionais. Caso você venda produtosfora do país, essa é uma ótima solução pra a sua loja digital.

Além disso, não existem custos de mensalidade, a cobrança acontece com as taxas por transação.

O gateway de pagamento pode trazer inúmeras vantagens pra sua loja virtual, como segurança, agilidade, redução de custos, ampliação da taxa de conversão, entre outros benefícios.

Mas, lembre-se de avaliar a segurança do sistema, as taxas cobradas e a qualidade das funcionalidades. Assim, você só vai ter que se preocupar com as transações da sua plataforma.

Agora que você já sabe tudo sobre gateway de pagamento, conheça o passo a passo pra transformar a sua loja física em digital.