Universo Magalu

Blog do vendedor

Aprenda todas as funcionalidades e benefícios que só o Universo Magalu te proporcionar

O que é um hub de integração de marketplace? Tire todas as suas dúvidas

Integração e tecnologia

Atualizado em 15 julho 24

6 minutos de leitura

Para quem tem interesse em vender mais online e impulsionar os negócios, entender como funciona o hub de integração de marketplace é um ótimo passo. Afinal, essa ferramenta traz uma grande vantagem pra gestão da sua loja e faz toda a diferença para quem atua em diversas plataformas.

Ou seja, suponha que você vende alguns produtos na sua loja física, mas está com vontade de expandir os negócios para o mundo virtual. Para começar, saiba que essa é uma excelente ideia. Só que, pra evitar complicações na hora de gerenciar o seu e-commerce e as vendas presenciais, nada melhor que contar com a ajuda de ferramentas úteis.

A boa notícia é que o hub de marketplace é um ótimo exemplo disso. Neste post, o Coordenador de Plataformas e Parcerias em Marketplace do Magalu, Alexandre Moron, veio tirar todas as dúvidas sobre o tema. Acompanhe e fique por dentro de como esse mecanismo pode ajudar você na gestão dos negócios!

Como funciona um hub de integração de marketplace?

De forma resumida, um hub de integração de marketplace pode ser visto como um conector de diferentes canais de venda. Com isso, ele consegue garantir a integração de informações relevantes para o comércio, como limite de estoque, preços, produtos e pedidos.

Pense com a gente, o que é mais fácil: manter todos os dados que você precisa trabalhar diariamente em um só lugar ou ter uma plataforma pra cada conjunto de informações? A primeira opção parece bem mais atraente, não é?

É isso o que o hub de integração faz. No caso de quem trabalha com marketplaces, esse mecanismo organiza as informações das vendas nessa plataforma e em outros pontos, como a loja física, unificando tudo o que você precisa pra fazer uma boa administração dos negócios. 

E não são só esses dois canais que é possível integrar no hub. Caso você tenha também um e-commerce próprio, além da loja física e da venda no marketplace, é possível unir as informações desse ponto junto com os outros.

No fim das contas, o hub, evitando a perda de informações relevantes e um trabalho a mais pra encontrar tudo o que você precisa para a rotina do negócio. Com isso, é possível se concentrar em aumentar as vendas e traçar melhores estratégias para o crescimento da sua loja.

Quais são os tipos de integração?

Mas, afinal, que tipo de informação o integrador de marketplace unifica? A seguir, veja alguns exemplos de dados que você consegue gerenciar em uma só tela, garantindo mais praticidade para o dia a dia do negócio! 

Estoque

Sabe um erro comum de quem trabalha com a venda de produtos? Não fazer uma boa gestão de estoque. Essa falta de cuidado pode fazer com que o negócio perca grandes oportunidades de atração e captação de clientes, cometa erros ou tenha prejuízos.

Ou seja, caso o trabalho em torno da gestão de estoque não seja otimizado, o comerciante pode sofrer problemas com a reputação, o marketing e o financeiro, além de uma queda no número de vendas. Sendo assim, nada melhor que apostar em boas práticas.

O uso do integrador de marketplace, por exemplo, atualiza automaticamente as novidades no estoque de todos os canais de venda. Dessa forma, se uma unidade de um produto foi vendida, o sistema não permite ofertá-la novamente.

Ao mesmo tempo, cada vez que o estoque é abastecido, as informações são compartilhadas pra todos os outros canais de venda. Assim, é possível começar rapidamente a vender os novos lotes.

Nota fiscal

Um hub de integração de marketplace garante a automatização de vários processos. Um deles é a emissão de notas fiscais. Com isso, cada vez que uma venda é concluída, o pedido gera automaticamente o documento.

Essa é uma vantagem e tanto pra garantir a gestão financeira e evitar problemas jurídicos. A emissão de notas fiscais também é muito útil pra administração do estoque. Sendo assim, a loja só tem a ganhar com essa ferramenta.

Transporte

Outra tarefa que pode ser automatizada com o uso do hub é a de etiquetagem da embalagem dos produtos a serem entregues. Para quem trabalha com e-commerce e marketplaces, essa funcionalidade traz muito mais otimização pra rotina interna.

Assim, é possível organizar os pedidos e garantir que o processo de transporte e entrega seja o mais eficiente possível. Como resultado, os clientes recebem corretamente as compras que fizeram e a loja pode ter um menor índice de reclamações relacionadas a essa atividade.

[rock-convert-cta id=”13189″]

Quais são os tipos de hubs disponíveis?

Como você viu até agora, um hub integrador de marketplace pode diminuir a quantidade de ferramentas que uma loja precisa pra vender em diferentes canais. Ao mesmo tempo, permite automatizar a gestão dos pedidos e centralizar o estoque em um só espaço.

Vale destacar que o mecanismo também garante o faturamento das notas fiscais, organiza o envio dos pedidos e, como consequência, aumenta a eficiência e a produtividade interna de um negócio.

Moron ainda destaca que, com os hubs, é possível realizar a precificação por canal, baseando-se nas regras de cada marketplace. Assim, é possível levar em consideração as promoções, os descontos, o frete e a comissão de cada ponto de venda antes de definir os preços.

Em outras palavras, uma loja só tem a ganhar ao investir em um hub de integração de marketplace. Além da oportunidade de vender mais em diferentes canais, pode ter mais organização nos processos internos e, principalmente, na gestão de vendas.

A seguir, confira os diferentes tipos de hubs em que o seu negócio pode apostar!

Hubs

Esse é o tipo de plataforma que é capaz de interagir com diversos sistemas e, se necessário, contar com um painel administrativo. Essa opção combina mais com lojas que não precisam de muitas integrações, garantindo um nível de complexidade menor para o software.

ERPs

Já os sistemas ERPs (Enterprise Resource Planning — termo em inglês pra Planejamento dos Recursos da Empresa) são muito utilizados em lojas físicas e ajudam na gestão. Além disso, podem se conectar com os marketplaces, principalmente com o auxílio do hub.

Plataformas

Além disso, existe a possibilidade de a loja ter o seu próprio site de vendas. Uma plataforma pode ajudar a se conectar também com os marketplaces, com ou sem o apoio do hub, e com os ERPs.

Quais os diferenciais Magalu?

Quer saber como o Magalu pode ajudar nisso tudo? Para começar, vale destacar que trabalhamos com diversos tipos de integradoras. Isso oferece aos nossos parceiros uma variedade de opções pra utilizar na gestão dos negócios.

Alexandre Moron ainda destaca: “O Magalu exige que integradores estejam conectados em todos os níveis necessários pra se operar no marketplace (produtos, pedidos, frete, etiquetas de envio, entre outros). Inclusive, classifica os integradores com certificações diamante, ouro, prata e bronze”.

Ou seja, o diferencial de contar com o Magalu como parceiro de negócios é que você tem ainda mais oportunidades de encontrar os integradores ideias para a sua loja e alavancar as vendas.

Gostou de saber mais sobre o que é e como funciona um hub de integração de marketplace? Como você viu, esse é um sistema excelente pra quem busca mais praticidade e otimização dos processos internos.

Este post foi interessante pra você? Então, baixe também nosso material para conhecer as melhores práticas para fidelizar um consumidor!