Universo Magalu

Blog do vendedor

Aprenda todas as funcionalidades e benefícios que só o Universo Magalu te proporcionar

Pix para e-commerce: veja como oferecer para seu cliente

Gestão e Administração

Atualizado em 21 maio 24

5 minutos de leitura

O Pix para e-commerce é uma nova possibilidade de o lojista receber por vendas online de maneira simples, rápida e prática. Lançado pelo Banco Central em novembro de 2020, o Pix é um sistema de pagamentos instantâneos que se popularizou rapidamente entre os brasileiros.

De acordo com a consultoria Gmattos, o Pix no e-commerce quadruplicou no Brasil, chegando a uma aceitação de 74,9% em 2022. A ideia é que cada vez mais as lojas virtuais aceitem essa modalidade de pagamento, que é uma ótima estratégia pra quem pretende impulsionar as vendas.

Neste post, você descobrirá quais são os benefícios de utilizar o Pix na sua loja virtual, como é o funcionamento, além de aprender como implementar essa modalidade de pagamento no seu negócio. Vem com o Magalu!

Quais as vantagens do Pix no e-commerce?

São inúmeros os benefícios de utilizar o Pix no e-commerce, começando pela acessibilidade do método de pagamento. Embora o cartão de crédito seja bastante popular, muitas pessoas não têm aceso a esse modelo de pagamento, tornando o Pix mais acessível, aumentando as possibilidades de venda.

Além disso, o Pix gera menos gastos pra quem faz venda online, já que são menos intermediários envolvidos na transação, diferente do cartão de crédito, por exemplo. Veja a seguir os principais benefícios de aceitar o Pix.

Agilidade na liquidação do pagamento

O Pix funciona, basicamente, como uma compra com cartão de débito, possibilitando que o vendedor receba o pagamento instantaneamente. Dessa forma, a compra é aprovada no mesmo momento e o pedido fica confirmado.

Isso garante um fluxo de caixa mais constante, já que não há necessidade de o lojista aguardar pela entrada daquele pagamento, como seria se o cliente tivesse feito o pagamento com boleto bancário ou cartão de crédito.

Além disso, como o pagamento da compra e do frete é feito de forma instantânea, o comprador tem menos tempo pra desistir da compra. Para completar, o produto é liberado do estoque mais rapidamente, contribuindo também na logística do negócio.

Diversificação de pagamentos

Há outro grande benefício na utilização do Pix: ele amplia as opções de formas de pagamento. Com isso, o vendedor consegue alcançar um público maior, tendo a chance de fazer negócios com consumidores que não dispõem de outras tipos de pagamento.

Vale lembrar que ainda há muitas pessoas no Brasil sem acesso a serviços bancários. Felizmente, esse cenário começou a mudar com a chegada dos Bancos Digitais, instituições financeiras que disponibilizam contas de pagamento aos seus usuários.

Este tipo de conta permite fazer e receber transferências monetárias, porém, nem sempre os clientes conseguem receber crédito. Além disso, a inadimplência e o endividamento são outros problemas que podem impedir o acesso do usuário ao crédito.

As compras realizadas por Pix resolvem essa dificuldade para o cliente e protegem o vendedor de débitos do consumidor, o que também é positivo, já que o lojista pode investir em novos produtos.

Menores custos para o lojista

Diferentemente do que acontece com os cartões de crédito, o comerciante paga por uma tarifa Pix apenas em relação às vendas feitas e menores porcentagens (cerca de 1%). Em comparação, a taxa média por transação em relação aos cartões de crédito e processos de pagamento convencionais é superior a 5%.

Com taxas menores do Pix, os lojistas conseguem ter um lucro maior, o que soma à vantagem de ter seus recebíveis transferidos diretamente para uma conta bancária ou de pagamentos.

Quem também se beneficia com a redução nos custos pra pagamento são os clientes, neste caso, pra zero. Isso ocorre porque é possível fazer pagamento com Pix por meio de contas de pagamento gratuitas, diferente de cartões de crédito, já que podem ter análise de crédito ou anuidades altas.

Recebimento de pagamentos em tempo real

Por fim, é importante que o vendedor busque formas de acessar seus recebíveis de maneira mais ágil. A compensação de pagamentos com boleto bancário ou cartão de crédito pode demorar vários dias úteis, o que adia o acesso aos valores.

Nas lojas físicas, esse detalhe é compensado com a entrada de dinheiro em espécie. Por isso não ser possível nas lojas virtuais, os pagamentos feitos por Pix são uma ótima opção pra que o empreendedor receba capital de giro com alta frequência.

O recebimento de pagamentos em tempo real também possibilita ao comerciante maior agilidade no processamento de pedidos. Dessa forma, o consumidor receberá o produto ou serviço mais rapidamente, deixando-o mais satisfeito.

Como funciona o Pix para e-commerce?

O processo ocorre de forma instantânea. A partir do momento que o cliente realiza o pagamento, o valor já fica disponível na conta do lojista. Pode ser efetuado de três formas:

  • chave Pix: CNPJ, CPF, e-mail, celular ou caracteres aleatórios;
  • QR Code: copia e cola em texto ou leitura do código;
  • Inserindo informações do recebedor.

As transferências em tempo real do Pix são realizadas pelo SPI (Sistema de Pagamento Instantâneo), operado pelo BC (Banco Central) por meio do DEBAN (Departamento de Operações Bancárias e de Pagamentos). Portanto, existem vários protocolos que fazem com que a operação seja segura.

Em relação ao Pix para e-commerce, a melhor opção pra receber os pagamentos é por meio do QR Code. Integrado a uma boa plataforma de pagamentos, ele permite a identificação automática do pagamento.

Como receber pagamento no e-commerce com Pix?

O primeiro passo pra adicionar o Pix como forma de pagamento na sua loja de produtos online, é saber exatamente quais são as taxas envolvidas para sua utilização.

Como você pôde perceber, o Pix não onera a pessoa que fará o pagamento, ou seja, o cliente. Da mesma forma, o MEI ou quem recebe em conta como Pessoa Física. Entretanto, são cobradas taxas pelas instituições financeiras ou bancos das empresas e estabelecimentos comerciais.

Apesar disso, a taxa para a utilização do Pix é muito mais baixa, em comparação com outras formas de pagamento, como cartão de crédito e boleto bancário.

A forma de cobrança e os preços praticados podem variar conforme o meio de pagamento contratado. Portanto, vale a pena avaliar as possibilidades de mercado pra escolher a que mais combina com o seu e-commerce.

Outro ponto que merece atenção pra começar a usar o pagamento instantâneo é sobre as integrações. Nas lojas digitais, é necessário implementar novas funcionalidades na tecnologia de pagamento pra adotar o Pix.

Como você viu, o Pix para e-commerce só apresenta vantagens, sendo uma excelente maneira de ampliar seu público e diversificar as formas de entrada de recebíveis. Além disso, o pagamento é instantaneamente processado, facilita a agilidade no fluxo, e o pedido é separado pra entrega o mais rápido possível.

Gostou deste conteúdo? Então, compartilhe este post nas suas redes sociais e ajude seus familiares e amigos a também dominarem o assunto!